Minicurso Online “Introdução à Atividade de Inteligência”

Olá, pessoal!
Informo que esta é a última semana para se conseguir o desconto na inscrição para o nosso minicurso online “Introdução à Atividade de Inteligência”, que será nos dias 9 e 16 de setembro, às 20:00, completamente online!
Maiores informações e inscrições em https://linktr.ee/joanisval.
Aguardo vocês no dia 09/09, para conversamos sobre a segunda profissão mais antiga do mundo!
Abraço forte!

Introdução à Atividade de Inteligência – Minicurso Online

Saudações!

É com imensa satisfação que convido para nosso quarto minicurso online de 2021:
“Introdução à Atividade de Inteligência”.
O curso será nas quintas-feiras, 9 e 16 de setembro, das 20h às 22h.
A inscrição pode ser feita pelo formulário

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd-HQikda-sSJACKKsGDKoYT_J2Q6WOQrvyYjRPC1yOEVISMg/viewform

Ou pelo link no https://linktr.ee/joanisval

Teremos oportunidade de conversar sobre esse assunto interessantíssimo, com o qual trabalho há mais de 20 anos! Trataremos de conceitos, princípios norteadores, funções, fontes e meios de obtenção de dados.
Nosso curso se destina a todos os curiosos e interessados na atividade de Inteligência e será muito útil também para quem se prepara para concursos como o da Agência Brasileira de Inteligência.
Descontos para ex-alunos do Minicurso, militares, profissionais de segurança pública e inteligência e pessoas de instituições parceiras.

Aguardo vocês e agradeço pela divulgação!
Abraço!

Joanisval

A Guerra que Mudou o Mundo

Olá, pessoal!

É com imensa satisfação que informo que já estão abertas as inscrições para nosso novo Minicurso Online!

A Guerra que mudou o Mundo: Conversando sobre a I Guerra Mundial“.
Será nos dias 14 e 21 de junho (segundas-feiras), às 20:00.
Aberto a todos que se interessem por História, guerras, Relações Internacionais e que queiram entender um pouco mais sobre o mundo atual, resultado direto do conflito de 1914-1918.

Inscrições e informações em www.linktr.ee/joanisval!

Aguardo vocês! Convidem os amigos!
Abraço!

Minicurso História da Espionagem

Meus caríssimos leitores, vocês pediram e será feito!

É com satisfação que informo que estão abertas as inscrições para o nosso novo minicurso online de 2021: “História da Espionagem, Parte I: da Antiguidade à I Guerra Mundial”, que será nos dias 5 e 12 de abril, das 20:00 às 22:00, completamente online!

Em dois encontros, trataremos da História da Inteligência, dos faraós (de fato, antes disso) até a Grande Guerra (1914-1918). Conversaremos sobre a organização e o funcionamento de serviços secretos nos últimos três mil anos, e sobre a importância do recurso aos espiões, na guerra e na paz. O curso destina-se a todos os interessados em assuntos de Inteligência, Segurança e História, e não tem pré-requisito.

Para se inscrever, clique aqui!

Então, inscreva-se, divulgue e convite os amigos! Descontos para ex-alunos dos minicursos, militares e para profissionais de segurança e inteligência.

Até lá!

Soldados, Sacerdotes e Maçons – Live pelo Instagram

No próximo domingo, 06/09, às 17:00, faremos mais uma live através de nosso perfil público no Instagram (@joanisvalgoncalves), intitulada “Soldados, Sacerdotes e Maçons: Fatos e Mitos da Independência do Brasil“. O tema é em comemoração à semana da pátria.

Assim, conversaremos sobre episódios interessantes de nossa História por ocasião do processo de independência, como a participação da Maçonaria, a condição de Reino do Brasil (e não de colônia), as demandas de Portugal e o papel fundamental da Princesa Leopoldina de Habsburgo, nossa futura Imperatriz, naquele momento fundacional da nação brasileira.

Reitero que a live será feita pelo Instagram e ficará disponível no IGTV do Perfil. Também a disponibilizaremos em nosso canal no YouTube (joanisvalbsb). Conhecem nosso canal no Youtube? Pois serão ali muito bem-vindos! Peço que se inscrevam no canal, curtam os vídeos, compartilhem com os amigos e me ajudem a divilgá-lo. Quando chegarmos a mil inscritos em nosso canal no YouTube, faremos algumas promoções e sorteios de livros.

Aguardo vocês lá! Por favor, agradeço pela divulgação. Para nosso perfil no Instagram, clique aqui. E para nosso canal no YouTube, clique aqui.

“Por que invadir a Polônia?” já no YouTube

Informo que nossa live do domingo passado (30/08) já está disponível em nosso canal no YouTube (joanisvalbsb). Para acessá-la, clique aqui.

Conhece nosso canal? É só entrar no YouTube e digitar joanisvalbsb (ou clicar aqui). Muito me ajudará se você acessar o canal, curti-lo e se inscrever nele. E, claro, se divulgar também! Agradeço encarecidamente! Abraço!

Esquecer jamais!

A data de hoje é marcada por dois episódios, separados por exatos 196 anos, os quais deveriam estar na memória de todos os brasileiros (infelizmente não estão). Enquanto o primeiro constitui um momento de glória de nossa história, o outro, mais recente, revela o nosso total desprezo pelo passado e o quanto ainda precisamos evoluir para chegarmos a um nível mínimo de civilização.

02.09.1822. No Palácio de São Cristóvão, a Princesa Regente do Reino do Brasil, Dona Leopoldina de Habsburgo, reúne o Conselho de Estado para deliberar sobre cartas que haviam chegado alguns dias antes de Lisboa. Aquelas missivas determinavam o retorno imediato do Príncipe Regente, Dom Pedro de Bragança, a Portugal, a dissolução do Reino como ente autônomo, e a prisão daqueles que eram próximos ao Regente e defendiam a causa emancipatória brasileira, com destaque para José Bonifácio de Andrada e Silva, Ministro do Reino. Com isso, tornar-se-ia, de fato, o Brasil uma colônia, e o povo que aqui vivia seria subjugado pela vontade das Cortes portuguesas.

Reunido o Conselho, chega-se a única solução possível: lavra-se uma Ata, assinada com grande satisfação pela Princesa, em que se recomenda ao Príncipe, que estava em viagem a São Paulo, o rompimento definitivo dos laços com Portugal: o Brasil deveria se tornar independente, assim o aconselhavam os ministros, endossados pela Regente.

Produzida a Ata, esta é enviada, juntamente com os documentos de Lisboa e cartas da Princesa e de Bonifácio, ao jovem Pedro. As referidas cartas podem ser resumidas em uma única mensagem: “chegou a hora, proclame a independência do Brasil!”.

Alguns dias depois, em 07.09.1822, às margens do Riacho do Ipiranga, ao receber as correspondências, decide Dom Pedro dar o brado de emancipação: “Independência ou morte!” – e o Brasil entrava em uma nova fase.

Sem qualquer dúvida, aquela reunião do Conselho de Estado, presidida por Leopoldina, a primeira mulher a governar este País, foi decisiva. Ali foram gestadas a Ata e as cartas que levaram à nossa independência. Foi ali, portanto, que começou, alguns dias antes, o 7 de setembro.

02.09.2018. Transcorridos exatos 196 anos daquele glorioso episódio, a História do Brasil seria marcada por um evento funesto: no mesmo Palácio onde Leopoldina e o Conselho haviam feito o movimento inicial de nossa emancipação, um incêndio criminoso (porque não se pode dizer outra coisa daquele acontecimento) destruiu o edifício histórico e pôs fim a um acervo de valor incalculável. Com o incêndio do Museu Nacional, desaparecia uma parcela importantíssima de nosso passado, mas também de nosso presente, apagando-se, ademais, o futuro de todo um povo.

Naquele triste domingo, há dois anos, chorei. E chorei copiosamente. Chorei pela forma como tratamos nosso patrimônio histórico e cultural. Chorei pelo descaso com a coisa pública e com nossa História. Chorei pelo desprezo e pela ignorância para com aqueles que nos antecederam e labutaram para (tentar) construir uma nação. Chorei pela impunidade que ainda permanece. Chorei porque ali mostramos ao mundo que somos um povo que não merece a independência conquistada.

Hoje continuo de luto. Luto pelo Brasil e pelo nosso atraso com nação, como povo e como civilização. E deixo aqui meu registro de que os episódios ocorridos ali na Quinta da Boa Vista, entre tantos outros, não devem jamais ser esquecidos.

Canhões de Agosto e a Invasão da Polônia…

Alguns dos meus 16 (dezesseis) leitores ficaram chateados porque perderam nossa primeira live no Instagram, que foi sobre o mês de agosto nas duas guerras mundiais. A boa notícia é que vocês não precisam ficar tristes! Consegui disponibilizar a conversa de domingo passado em nosso canal do youtube, que vocês já conhecem!

Então, para acessar a live sobre os Canhões de Agosto, basta clicar aqui. Por favor, inscreva-se no canal e muito me ajuda se também divulgar!

E como notícia boa não vem sozinha (sou um eterno otimista!), já divulgo aqui que teremos mais uma live, no próximo domingo, 30/08, às 17:00 (estou pensando em adotar esse bat-horário e essa bat-data para as lives, que acham?)! O tema será… “Por que invadir a Polônia? Como começar uma guerra mundial…”.

Então, não fique triste como o pessoal aqui da foto! Vá ao canal, veja a live e se inscreva! Ah! E divulgue, por gentileza! Abraço!

O mês do cachorro louco nas duas Guerras Mundiais

Próximo domingo, às 17:00, pelo meu perfil público no Instagram, farei uma live para conversar um pouco sobre o mês de agosto nas duas guerras mundiais.
A escolha de 23/08 não foi aleatória. Comentarei a esse respeito na live.
Espero os amigos por lá. Curtam o perfil e nosso canal no youtube também!
Vamos ver se funciona esse negócio…

Em tempo: para acessar meu perfil público no Instagram (https://www.instagram.com/joanisvalgoncalves/), você tambem pode clicar na foto desta publicação.

Pensamento Estratégico para a Defesa: Perspectivas do Brasil e da Argentina

Hoje, segunda-feita, 17/08, às 18:00 (hora de Brasília), participaremos de um evento, promovido pela “Revista Seguridad y Defensa”. O objetivo é conversar um pouco sobre as perspectivas de Defesa de Brasil e Argentina. O evento será em espanhol e, para acessá-lo, seguem o convite, em pdf, e o link: 

Estimados Colegas, les comparto el link de acceso al Seminario, para este lunes 17 de agosto, 2020, 18.00 horas Argentina (GMT- 3).
Por favor conectarse en el horario indicado y con el micrófono silenciado.

https://meet.jit.si/PensamientoEstrategicoBrasilyArgentina  

Password: revistaseguridadydefensa

Screenshot_20200817-123854_Adobe Acrobat

Intelligentia, quo vadis?

Na semana em que se discutiu o papel da Inteligência no estado democrático de direito e que o Supremo Tribunal Federal (STF) se pronunciou sobre os poderes da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) em suas atividades, acho por bem trazer algumas reflexões aqui sobre o tema, e tornar disponível artigo que escrevi, com os amigos Marcus Reis e Ricardo Esteves, sobre a Inteligência no Governo Jair Bolsonaro.

Trata-se de ensaio que produzimos no final de 2018 e que atualizamos em maio último, resultado de mais de duas décadas de experiência trabalhando com o assunto. São percepções pessoais de como se encontra a Inteligência no Brasil, e do que pode ser feito para aperfeiçoá-la, de modo que nossos serviços secretos possam realizar seu nobre trabalho de maneira cada vez mais efetiva, em prol do Estado e da sociedade.

Para falar de Inteligência (vejam que parei de usar o termo “atividade de inteligência” nesse sentido), é importante ter em mente que todas as democracias do mundo dispõem de serviços de inteligência, cuja atividade é de grande relevância na proteção do Estado, das instituições democráticas e da própria sociedade. Inteligência, ademais, relaciona-se a produtos, processos (atividades) e organizações voltados ao assessoramento do processo decisório nos mais distintos níveis.

A verdade é que por aqui, neste grande País do Hemisfério Sul, ainda se conhece pouco sobre Inteligência, inclusive nas instâncias superiores de tomada de decisão. A doutrina é escassa, e o amadorismo na atividade impera (esta é minha percepção pessoal, repito). Destaco, por exemplo, a preocupante confusão entre inteligência e investigação, que observamos ser, infelizmente, generalizada. Falta clareza, ademais, sobre o papel de cada ente da comunidade de inteligência, seu mandato e sobre como suas relações devem ser desenvolvidas. Carecemos, enfim, de uma “Cultura de Inteligência” (algo que digo há muitos anos).  

No Brasil, portanto, ainda temos muito que evoluir na área de Inteligência. Registro que passos significativos foram dados desde o Governo do Presidente Michel Temer, com o trabalho meritório do General Sérgio Etchegoyen. Entretanto, reformas precisam ser conduzidas no Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN), no seu órgão central (a ABIN), e mesmo na legislação e nos mecanismos de controle. É sobre isso que tratamos em nosso ensaio.

Feita esta breve introdução, compartilho aqui o documento INTELIGENCIA NO GOVERNO BOLSONARO (também o coloquei no Espaço Acadêmico aqui no site). Quem quiser citá-lo, pode fazê-lo da seguinte maneira:

Gonçalves, Joanisval Brito; Esteves, Ricardo Zonato & Reis, Marcus Vinicius. “Brasil, 2020 – A Inteligência no Governo Jair Bolsonaro: o Imperativo da Mudança”. Brasília, maio de 2020, in: Frumentarius.com (https://joanisval.com/2020/08/14/intelligentia-quo-vadis/).

E sintam-se à vontade, meus 16 (dezesseis) leitores, para compartilhar!

 

E o Sol se fez na Terra…

16 de julho de 1945. Pela primeira vez na história, uma explosão nuclear acontecia. Foi em Alamogordo, no Novo México, como parte do Projeto Manhattan. A caixa de Pandorra fora aberta. O mundo entraria em uma nova era…

img_20200716_225525_793

A Grande Guerra Patriótica

Às vésperas do Dia da Vitória (08/05 aqui no Ocidente, ou 09/05 para os russos e alguns povos das ex-URSS), o mundo celebrará o fim da II Guerra Mundial na Europa de maneira muito distinta daquela das últimas sete décadas. Afinal, eventos públicos estão cancelados ou proibidos pela maior parte do planeta. Eu mesmo pretendia comemorar os 75 anos do fim da Guerra em Londres, celebrando a derrota do nazifascismo na terra de Sua Majestade. Graças a outra coroa (o vírus), fiquei por aqui, em casa… – tudo bem! Será uma história bem diferente para contar para as próximas gerações.

Em comemoração ao Dia da Vitória, tenho feito alguns vídeos com recomendações de livros, que publico em meu canal do YouTube (youtube.com/joanisvalbsb). Quem se interessar pelo tema, por favor vá lá, faça-me uma visita e curta os vídeos! Agradeço muito se puder também se inscrever no canal.

Além dos livros, semana passada gravei uma “live”, intitulada “A Grande Guerra Patriótica: a URSS na II Guerra Mundial”. Foi uma conversa muito interessante (em português) com minha professora de russo, Yulia Mikheeva! Falamos da importância do conflito para os russos, de episódios da guerra e de situações inusitadas. Também respondemos a algumas questões dos participantes. Quem perdeu, perdeu! –  brincadeira, quem perdeu pode acessar o vídeo em nosso canal do Youtube. Vale a pena conferir.

A “live” deu tão certo que pediram mais! Então, hoje, 06/05 (quarta-feira), às 19h, teremos outra live para tratar de batalhas e pessoas na Grande Guerra Patriótica. Quem quiser participar é só procurar o perfil @yucursosdeidiomas no Instagram e entrar na conversa! Começaremos respondendo a algumas perguntas feitas na semana passada!

Então é isso! Nesta época de pandemia, vale conversar um pouco sobre outros temas! Espero meus 16 (dezesseis) leitores daqui a pouco. Abraço!

E, para conhecer nosso canal no Youtube, clique aqui!

Who was defeated in the Great Patriotic war? | The Vineyard of the ...

 

Sessentona que eu amo!

Screenshot_20200421-083633_ChromeMinha cidade amada agora é sessentona! Parabéns a Brasília!
Você continua um lugar lindo e maravilhoso para nascer e viver, para trabalhar e criar os filhos, para construir amizades e transformar sonhos em realidade!

Você resiste, minha amada Brasília, como esta cidade fascinante, apesar de todo o mal que lhe fizeram desde 1988! E quanto não lhe fizeram de maldade, de descaso e de escárnio!

Brasília não merece os governantes que teve nas últimas três décadas, pessoas que não eram daqui e não amavam esta terra. Sofremos com invasões, ocupações ilegais (de barracos mais simples a mansões em condomínios que causam enormes impactos ambientais e urbanísticos). Sofremos com a ignorância, a falta de espírito público e a corrupção.

Sofremos com o descaso para com este lugar, que deveria ser sagrado para todos os brasileiros, pois foi fundado para simbolizar um Brasil melhor, mais próspero e desenvolvido, um Brasil unido, forte e soberano!

Como disse o poeta que aqui viveu, “neste país lugar melhor não há”!
Amo Brasília, amo minha terra, amo minha casa!

Parabéns, Brasília! Parabéns,  cidade linda! Parabéns, sessentona  charmosa e viva! Apesar de tudo que lhe fizeram, você continua esse lugar especial no meu coração!

Compartilho aqui um vídeo feito por artistas de Brasília. Ao final, nos créditos, informações para quem queira contribuir ajudando o Lar dos Velhinhos de Sobradinho (conheço a instituição e bom serviço assistencial que fazem ali).

Screenshot_20200421-101928_Instagram

Uma Grande Oportunidade!

Devido a esse período de isolamento, verdadeira purga, que se seguiu durante a Quaresma, talvez pela primeira vez em muitas décadas, os ocidentais se apercebam do verdadeiro sentido da Páscoa.
Não são ovos ou outros enfeites de chocolate, não são grandes promoções no comércio, não é nem mesmo aquele almoço lauto seguido de fotos no Instagram…
Ao menos para nós de tradição cristã, Páscoa é renascimento, é a celebração da Ressurreição daquele que é o Homem-Deus, o Grande Reparador, e cujo legado de 2000 anos é de amor incondicional e de serviço ao próximo.
Para nós, cristãos, foi dada a oportunidade de uma Páscoa diferente, aparentemente mais simples, porém mais verdadeira, uma oportunidade para pensarmos naquilo e, sobretudo, naqueles que realmente importam.
Que a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja marcada em nossos corações e que busquemos sempre imitá-lo, para, algum dia, alcançar a Reintegração e chegar à Jerusalém Celeste, vivendo para a Eternidade em Seu Reino que não é deste mundo.
Uma Feliz Páscoa a todos!
Joanisval

O que estou a ler no momento

Aprendendo a usar um software de edição de vídeo… Então por favor não se chateie com o meu vídeo tosco! De toda maneira, publiquei esses dias no meu canal do YouTube (www.YouTube.com/joanisvalbsb) alguns comentários sobre o que estou lendo no momento. É que nas redes sociais as pessoas têm-me perguntado sobre isso!

Vá lá ao canal (pode ir clicando aqui), curta os vídeos, e se inscreva nele para receber as atualizações! Ah! Se quiser divulgar, agradeço! Abraço!

 

O Metrô de Moscou

20171105_212917Pense em um imenso palácio subterrâneo. Salas das mais distintas temáticas, com obras de artes que fazem o visitante, por mais rápido que por elas passe, surpreender-se com a beleza ali retrada – e com a história e a cultura de um povo! Mosaicos, pinturas, vitrais. Tudo isso pelo preço de um bilhete de metrô!

Continuando nossa Operação Outubro Vermelho, a publicação de hoje se refere ao metrô de Moscou. Sim, isso mesmo que você leu! A capital russa dispõe de um sistema de transporte subterrâno de 346 quilômetros de extensão, distribuído por 12 linhas e 206 estações. Por ele circulam dez milhões de pessoas diariamente.

E o que tem o metrô de Moscou de tão especial para merecer uma publicação? Chamado de “Palácio Subterrâno” por Stálin, o metrô da capital, cuja construção foi iniciada na década de 1930, deveria levar arte ao povo que por ali circulava. Daí que cada estação teria uma temática própria, sendo preenchida por mosaicos, pinturas e até estátuas que despertassem no homem soviético a percepção do belo e o amor ao regime.

Vale muito a pena conhecer o metrô de Moscou, passear por suas estações! Faz-se mesmo um mergulho no tempo e, muitas vezes, andando por elas a gente pensa que está de volta à União Soviética.

Em nosso canal do Youtube (www.youtube.com/joanisvalbsb) fiz um vídeo mostrando um pouco do Metrô de Moscou. Vá lá conferir, curta o vídeo e se inscreva no canal. Para acessá-lo diretamente, clique aqui.

20171105_215910

Livros, Viagens e um Pouco de Tudo… Agora em vídeo!

Passados três meses desde minha última publicação por aqui, retorno para que meus 16 (dezesseis) leitores não se esqueçam de mim e saibam que estou vivo! Como diz meu amado paizinho, quem não é visto não é lembrado!

Não pretendo, nesta época de isolamento e quarentena, escrever muita coisa aqui sobre a pandemia – de fato, nem vou mais usar esse termo ou outros relacionados… O mundo já está histérico demais (passou da fase da preocupação) com esse negócio.

Claro, preocupo-me com os milhões de trabalhadores que não estão podendo ganhar seu pão de cada dia, e consequentemente choram ao verem o quadro ruim que já se forma junto à família e aos entes queridos. Acredito, entretanto, na capacidade e nas iniciativas deste Governo para cuidar dessas pessoas. E faço minha parte, ajudando quem posso e, enquanto estiver recebendo meu salário, continundo com o pagamento regular de quem tanto nos ajuda (incluindo a Dona Rosa, que vai ficar em casa recebendo normalmente sua féria).

O trabalho de home office segue de vento em popa! Nossa equipe do Instituto Pandiá Calógeras continua produzindo com excelência! Orgulho-me muito desse time pequenino, porém tremendamente profissional, capacitado e comprometido com o serviço e, por que não, com a nação!

Assim, nas horas vagas, buscarei publicar aqui matérias interessantes e leves, para aqueles que já não queiram mais ler ou ouvir de p… e de C…. Mantenho meu compromisso de não tratar de política ou assuntos domésticos polêmicos, ao mesmo tempo em que estou atento ao que se passa pelo mundo (e que nem sempre poderei comentar neste site).

Bom, sob essa perspectiva, informo que já reativei meu canal no YouTube e comecei a comentar sobre livros, viagens e um pouco de tudo! Esta semana, na terça, deixei uma sugestão de leitura para o iso… para o período que você estiver em casa, caro leitor! E amanhã, quinta, compartilharei aqui o vídeo sobre viagem, em mais um capítulo da Operação Outubro Vermellho!

Por agora, a chamada para meu canal no YouTube (www.youtube.com/joanisvalbsb): vá lá, confira, curta e, já que eu sei que você é um leitor fiel, inscreva-se no canal! Quem sabe não conseguimos chegar a 16 (dezesseis) inscritos lá também!

Abraço!

41. Quarentão! (08/12/2014)

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Charles Chaplin

Cheguei aos 40! Confesso que a sensação ainda é muito complexa para ser descrita… Foram anos de caminhada que, espero, seja apenas um terço desta senda (sim, se puder optar, desejo viver bem até, pelo menos, 120 anos!).

Vejamos o que o Universo me reserva daqui para frente! Do que recebi até hoje, só tenho que agradecer! As histórias do porvir, espero que sejam muitas, serão contadas a partir de agora, e estou ansioso em conhecer as pessoas que cruzarão meu caminho, os lugares por onde passarei, as experiências que vivenciarei!

Obrigado, querido leitor, por me acompanhar nessa jornada de quarenta dias das Crônicas dos meus 40 anos! Oxalá ainda tenhamos muito o que contar, novas narrativas que chegarão nas Crônicas dos meus 50, dos meus 60, dos meus 80! Que possamos ainda ter muito o que conversar! Que possamos viver o presente a cada dia, lembrar com um sorriso do passado, e construir um grande futuro, o nosso futuro!

Você agora me conhece um pouco mais. Fiquei, realmente, surpreso e feliz com o retorno dos amigos acerca do que escrevia ao longo das últimas semanas! Busquei abrir meu coração e contar episódios da minha vida, falar sobre pessoas marcantes, compartilhar momentos e emoções com os amigos. Que minhas experiências lhe tenham agradado, e que o que vivi possa lhe ajudar a entender um pouco as oportunidades que surgirão em sua vida, a superar seus obstáculos e a vencer seus desafios!

E, como hoje é meu aniversário, vou pedir-lhe, querido leitor, um presente! Afinal, sempre gostei de ganhar presentes, não é? Então, por favor, preste atenção!

Como presente de meus quarenta anos, peço que você, querido leitor, nunca desista de seus sonhos, tenha certeza de que você é o senhor de seu futuro e, acima de tudo, lembre-se sempre de agradecer pelas bençãos do Criador! E, como agradecimento, retribua presenteando a alguém, seja com um sorriso, seja com um abraço, seja com um conselho ou uma palavra amiga! É isso que gostaria de você hoje!

Receba, junto com minha gratidão e meu pedido, meu abraço fraterno, um grande abraço a você e a todos que acompanharam as Crônicas dos meus 40 anos. E vamos a mais quarenta!

Eu