Inforel em Israel

Aproveitando nossa volta aos trabalhos de Frumentarius, gostaria de lembrar que meu caro amigo Marcelo Rech, editor do Inforel, está em Israel acompanhando as atividades na zona de guerra. Recomendo o acompanhamento das notícias naquele site, com especial atenção àquelas que Marcelo tem escrito a partir da pátria judaica.

Para acessar o Inforel, clique aqui.

Israel: alerta generalizado de atentado

Meu amigo Maurício Viegas acabou de me enviar e creio ser importante publicar aqui no site. O Irã está dando passos significativos rumo à crise maior. Convém ficar de olho…

FOLHA.COM – 17/02/201211h17

Serviços secretos israelenses emitem alerta generalizado de atentados

DA EFE, EM JERUSALÉM

Os serviços secretos israelenses e o escritório de luta antiterrorista emitiram nesta sexta-feira um alerta generalizado de atentados e advertiram a população a agir com cautela em qualquer lugar do mundo.

O alerta foi divulgado por conta de informações recolhidas nos interrogatórios de vários suspeitos detidos em Bancoc e Nova Déli, informou a edição eletrônica do jornal “Yedioth Ahronoth”. Continuar lendo

Egito: fundamentalistas à frente do Parlamento

Pois é! O Speaker do Parlamento egípcio (ou seja, o Presidente do Parlamento, chefe do Poder Legislativo) será um fundamentalista islâmico, pertencente à Irmandade Muçulmana… Qual o significado disso no mais importante dos países árabes? Será que o Egito caminhará para o mesmo destino do Irã ou para o da Turquia? E como isso afetará as relações de poder na região? E as relações com Israel? O que realmente mudou depois da queda de Mubarak? É bom ficar de olho ali também…

Islamist set to be Egypt’s new parliament speaker

Reuters, 16JAN2012 – By Tamim Elyan

CAIRO (Reuters) – Leading Egyptian political parties will back a senior figure in the Muslim Brotherhood’s Freedom and Justice Party (FJP) for the assembly’s speaker, with another Islamist group and a liberal party taking the deputy posts, an FJP official said on Monday. Continuar lendo

Russos acusam Israel de incentivar os EUA contra o Irã

Notícia com acusação grave, divulgada em um dos principais jornais israelenses. Ainda tentando entender o que há por trás da declaração do assessor de segurança nacional de Putin (os russos têm, os americanos têm, o Brasil não tem um assessor de segurança nacional junto ao Presidente, só para constar…) e da publicação da matéria no Haaretz…

Haaretz – 12.01.12
By Reuters and Eli Shvidler

Israel is pushing U.S. toward Iran war, Russian official says

Nikolai Patrushev, head of the Kremlin’s Security Council, warns Iran could retaliate by blocking oil shipments from the Gulf.

Russia fears Israel will push the United States into a military conflict with Iran which could retaliate by blocking oil shipments from the Gulf, a confidant of Prime Minister Vladimir Putin said on Thursday. Continuar lendo

RIsco de ataque terrorista em Bancoque

A inteligência israelense informa a seus nacionais de risco iminente de atentado terrorista em Bancoque, Tailândia. Acho conveniente divulgar aqui também… Just in case…

Haaretz – Published 16:18 13.01.12
By Barak Ravid 

Israelis warned of imminent terror attack in Bangkok

Counter terrorism bureau calls on Israeli tourists to stay clear of Thailand’s capital after Hezbollah militant is arrested in suspicion of planning a terror attack. Continuar lendo

Israel e os imigrantes

No momento em que nós por aqui abrimos nossos braços para receber milhares de refugiados haitianos (nada contra recebermos os haitianos… só me incomoda o Governo conceder certos auxílios a essas pessoas que nega aos próprios brasileiros), Israel discute sua lei de imigração. O Editorial do Haaretz é interessante para pensarmos se não estamos fazendo uma grande bobagem com relação aos haitianos e outros imigrantes ilegais que chegam ao Brasil.

Em tempo: que fique claro que de forma alguma estou defendendo medidas xenófobas por parte do Governo brasileiro ou de nossos nacionais. Sempre achei que imigrantes (ou migrantes) enriquecem qualquer tecido social. Grandes nações se fizeram de imigrantes. Só não creio que as autoridades brasileira estão lidando com habilidade com a questão haitiana (o que pode gerar admoestações por parte dos locais contra os imigrantes).

Israel’s anti-infiltration law is a disgrace

Haaretz Editorial, 11JAN2012

Any detention without trial is an extreme act that should be foreign to a law-abiding state, much more so when the victims are work migrants who harbor no ill intentions against the state.

Of all the antidemocratic laws that have descended on us of late, it is perhaps the most shameful. After a long, late-night session on Monday the Knesset plenum approved the second and third reading of an amendment to the Prevention of Infiltration Law. Only eight Knesset members voted against the amendment, while 37 supported it. Continuar lendo

Irã, Hezbollah e Síria: juntos somos mais fortes!

Notícia no Haaretz de hoje destaca a declaração do chefe da inteligência militar israelense segundo a qual o Irã e o Hezbollah estariam aumentando o apoio a Assad para evitar sua queda. Vale lembrar que há alguns dias os turcos interceptaram caminhões indo do Irã para a Síria levando armas em apoio ao Governo sírio.

Um comentário importante diz respeito à previsão da inteligência de que Assad deve buscar alguma forma de conflito – provavelmente uma guerra contra Israel para justificar sua permanência no poder. Não acredito muito nisso não, não ainda. Afinal, o tipo de distúrbio doméstico que ocorre na Síria só se agravaria no caso de uma guerra contra Israel.

Outra observação que merece destaque é que de que o israelense não acredita que as situação nas Colinas de Golã não ficará tão tranquila em um futuro próximo.

IDF official: Iran, Hezbollah stepping up efforts to save Assad regime in Syria

By Gili Cohen

Military Intelligence chief says face of Middle East is changing in such a way that it is no longer recognizable.

Iran and Hezbollah are strengthening their efforts to ensure the survival of the Bashar Assad regime in Syria, Military Intelligence Chief Major General Aviv Kochavi said on Wednesday. Continuar lendo