12 de Abril de 2011: 150 anos do início da Guerra de Secessão dos EUA

Dentro da linha deste site, e sempre destacando as efemérides, lembro que no último dia 12 deu-se o o 150º aniversário do início da Guerra Civil estadunidense (1861-18650).

Também chamada de Guerra da Secessão, aquele foi um dos grandes conflitos do século XIX, deixou cerca de 900 mil mortos (dos quais 600 mil eram combatentes), consolidou o modelo defendido pelos estados do Norte vencedor e provocou mudanças incrivelmente profundas nos Estados Unidos da América, algumas delas percebidas ainda em nossos dias.

Dedicarei alguns posts aqui ao tema. Para começar, lembro que a América do Norte nunca havia presenciado um conflito tão fratricida.

Apesar da luta aguerrida dos sulistas, seria muito difícil vencer o Norte industrializado, bem equipado e com um exército superior em contingente (os generais do Sul, entretanto, eram melhores). Aí vai um site bom sobre aquele conflito: http://www.civilwar.com/

Só por curiosidade, segue também a carta de um jovem soldado a seu  pai sobre a batalha de Fredericksburg: Continuar lendo

Pedido de desculpas e retomada dos trabalhos

Primeiramente, gostaria de pedir desculpas a meus 8 leitores (hehehe) diários deste site, pois não postei nada nos últimos dias. Não, não estava aproveitando o feriadão curtindo praia ou algo assim… De fato, desde quinta estou entrevado (palavra em desuso, mas que diz muito), com problemas no nervo ciático. Quem já teve sabe do que estou falando…

Bem, de toda maneira aprendi um pouco sobre essa área do conhecimento de que nada entendo. Já sei as causas principais da coisa, como ela ocorre e, claro, os efeitos e malfeitos desse nervinho que só existe de um lado do corpo… Ainda assim, sou um fracasso como hipocondríaco (já que os hipocondríacos costumam saber tudo das doenças que os acometem e, principalmente, das que não os acometem).

Segue um site interessante acerca do problema: http://www.colunavertebral.net/ciatica.html

O nome da referida doença é, naturalmente, “ciática”… E dói que só!

Ok, então! Ainda bem que o mundo não mudou tanto nos últimos dias. O Kadafi continua resistindo à pressão da OTAN e dando coro nos rebeldes, Berlusconi permanece respondendo a processo, Cuba e China duas grandes democracias, a América Latina no atraso, a África na guerra e na miséria (e muita gente  culpando os europeus colonizadores por isso), e o Brasil, bem, o Brasil continua um país tropical abençoado por D’us, bonito por natureza… E vamos que vamos!