Hollande: une victoire à la Pyrrhus?

Par la première fois en plus de trente ans, un socialiste devient victorieux aux élections présidentielles françaises. 46 millions de français ont donné victoire à François Hollande, qui a proposé des changements à la politique française, chez eux et aux affaires étrangères.

En observant ce résultat-là, où le socialiste a obtenu seulement 51,7% des votes, contre 48,3% à Sarkozy, et en considérant tous les problèmes et aussi la crise économique et sociale à la France, je me demande si ça ne serait qu’une victoire à la Pyrrhus. Le pays est divisé, bien sûre! Et j’ai des difficultés en apercevoir comment Monsieur Hollande va maintenir tous les bénéfices sociaux et les « style de vie » français… Je vous souhaite, M. Hollande, de bonne chance… parce que ce ne serait pas facile de conduire ce grand « changement » !

Le Figaro (www.lefiagro.fr), )7/05/2012-01:27

Le dernier récapitulatif de la soirée, à 1h30

Vous avez été particulièrement nombreux à nous suivre ce soir. Merci pour votre fidélité! Voici un récapitulatif de la soirée électorale, vers 1h30.

o François Hollande est élu président de la République, avec 51,67% des voix, hors François de l’étranger, selon le ministère de l’Intérieur. Continuar lendo

A Maldição de Muamar

“A economia, estúpido!” – esta frase será repetida pelos milhares de comentaristas pelo mundo que tratarem da derrota do marido da Carla Bruni nas eleições presidenciais francesas. Certamente, a economia foi um fator de grande importância. Mas também o foi a incapacidade do Governo Sarkô em lidar com problemas sociais internos, como a imigração. Há, ainda, a imagem que ele (des)construiu nos últimos anos (apesar de sua bela esposa)…

Eu, particularmente, acho que há um aspecto sobre o qual ninguém tem falado: a guerra na Líbia! Talvez secundária para muitos, a intervenção militar contra Kadafi não só não conseguiu desviar a atenção dos franceses de seus problemas domésticos, como também prejudicou ainda mais a economia do país! Enfim, não resultou como esperado pelo Presidente francês há pouco mais de um ano…

Bem, pode ser apenas especulação – não estou nem aí para os acadêmicos com suas explicações científicas e modelos teóricos que explicam a derrota de Sarkozy -, mas acho que a maldição do Muamar caiu sobre mais um líder ocidental… Afinal, menos de um ano depois da morte do Calby de Trípoli, alguns dos líderes que o derrubaram foram sacados do poder, sendo os mais célebres Sílvio Bonga-Bonga Berlusconi (eu gostava de Berlusconi) e, agora, Nicolas Sarkozy! Obama que se cuide…

Mais adiante comento o que espero de Hollande (não que se possa esperar muito de qualquer governo socialista…)…

Socialist Hollande ousts Sarkozy as French leader

Photo
Reuters, 06MAIO2012 – 2:30pm EDT

By Lionel Laurent and Catherine Bremer

PARIS (Reuters) – Socialist Francois Hollande swept to victory in France’s presidential election on Sunday in a swing to the left at the heart of Europe that could start a pushback against German-led austerity. Continuar lendo

Ainda sobre as eleições presidenciais na França

Apesar de ser do Le Monde, segue pesquisa sobre como devem votar os eleitores de Le Pen e de Bayrou no segundo turno… De toda maneira, a vitória socialista parece cada vez mais provável… Olha o fantasma do Muamar no Eliseu!

Pour qui voteront les électeurs de Le Pen et Bayrou au second tour ?

Le Monde.fr | 22.04.2012 à 23h11 • Mis à jour le 23.04.2012 à 00h13

Comment se reporteraient les voix de Marine Le Pen, Jean-Luc Mélenchon et François Bayrou entre François Hollande et Nicolas Sarkozy ? La question est une des clés du second tour. Mais donner des évaluations précises reste délicat. Du fait des échantillons limités d’électeurs votant pour un candidat en particulier, notamment, on obtient des chiffres parfois assez fluctuants. Les reports sont également difficiles à décrire, car ils dépendent naturellement des consignes – ou non-consignes – données par les états-majors, mais aussi du comportement des deux candidats finalistes.

Un sondage Logica Business Consulting-France Télévisions-Radio France-Le Monde-Le Point, réalisé à 20 heures, dimanche 22 avril, sur un échantillon de 1 090 personnes représentatives de la population française, qui place François Hollande en tête avec 54 % des voix, permet d’avoir une idée de la réponse. Continuar lendo

Dependendo do Diabo…

Pois é, M. Sarkozy! Será que terá que conversar com Mme. Le Pen para faturar essa no segundo turno? Certamente, este não era o resultado esperado ou a situação almejada pelo senhor presidente da República Francesa há pouco mais de um ano… Afinal, o principal adversário, Dominique Strauss-Kahn esta fora do páreo… E a intervenção na Líbia, em curso, deveria desviar a atenção dos problemas domésticos e resultar em um vitória que angariaria muita popularidade!… Infelizmente para Sarkô, a coisa não saiu como planejado… Hollande e os socialistas vão bem, obrigado (em tempo: não gosto nem nunca gostei dos socialistas ganhando eleição na França nem em qualquer outro canto!)…

Sinceramente, acho que o fantasma de Kadafi está assombrando o Palácio do Eliseu…

Le Pen voters to arbitrate Hollande-Sarkozy duel

Photo
Reuters, 22/04/2012 – 8:41pm EDT

By Paul Taylor and Emmanuel Jarry

PARIS (Reuters) – Far-right voters may decide who becomes France’s next president after anti-immigration crusader Marine Le Pen’s record first-round score jolted the race between Socialist frontrunner Francois Hollande and incumbent Nicolas Sarkozy.

The centre-left Hollande narrowly beat the conservative Sarkozy in Sunday’s 10-candidate first round by 28.6 percent to 27.1 percent, the Interior Ministry said with 99 percent of votes counted, but Le Pen stole the show by surging to 18.0 percent, the biggest result for a far-right candidate. Continuar lendo

É, Sarkô, tua batata está assando…

Excelente análise da Spiegel sobre a fragilidade de Sarkozy nesta campanha presidencial… Pelo visto, vai ser difícil ganhar essa (a maldição de Kadafi pegou!)!

Em tempo: gostei do comentário do Senador Cristovam Buarque sobre os arroubos de Sarkozy, postado no dia 11/03: “Sarkozy diz que França tem estrangeiros demais. Esquece que é filho de húngaro e casado com italiana.”

Spiegel Online – 03/09/2012 06:08 PM

The Child King – A Weakened Sarkozy Faces His Last Big Campaign

By Mathieu von Rohr in Paris

Nicolas Sarkozy is unpopular because he has behaved more like an upstart than a president. He’s trying to get re-elected, claiming to have changed, but it might be too late. The French people prefer his Socialist opponent François Hollande, who would bring change to France and upheaval to Europe.

Once again, Nicolas Sarkozy and his people are not on speaking terms. Visiting a huge construction site for a soccer stadium in Nice, he marches over the rubble in his dark-blue suit and dark-blue tie, feet spread wide apart in his strange, jerky gait. His face is waxen and wan. He appears tense. Continuar lendo

Strauss-Khan, sexo, espionagem e eleições

Estou de volta! A semana atribulada não me permitiu manter a atualização diária do site, mas continuamos seguindo! Avante!

Logo que estourou o escândalo de Dominique, “cantei esta pedra”: da possibilidade de uma operação de inteligência contra o Diretor-Presidente do FMI, patrocinada por interessados em tirá-lo da campanha presidencial de 2012… É o que se conhece usualmente como sexespionagem, prática que não é nova nas relações de poder… Mantenho minha suspeita…

BBC Brasil – quinta-feira, 1 de dezembro de 2011 15:47

Artigo sugere que Strauss-Khan foi vítima ‘de conspiração’ em caso de abuso

Um jornalista investigativo está colocando lenha na fogueira das intrigas em torno da prisão, em maio, do ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Khan, por acusações de violência sexual contra uma camareira de um hotel em Nova York. 

Um artigo do jornalista Edward Jay Epstein publicado na revista The New York Review of Books reforça a “teoria da conspiração” de que Strauss-Khan – então o nome mais cotado da oposição para concorrer à Presidência da França contra o atual ocupante do cargo, Nicolas Sarkozy – teria sido alvo de uma conspiração para denegrir sua imagem.  Continuar lendo