Um já foi… Qual será o próximo a cair de maduro?

world_01_temp-1385803778-5299b002-620x348 Tudo indica que Yanukovich está fora do jogo político da Ucrânia e que a oposição venceu. Vejo a notícia com ressalvas porque o inesperado pode acontecer naquela bela e rica parte do mundo… Moscou ainda não se manifestou sobre a queda do presidente ucraniano. Se estiver confirmado que foi deposto, podemos estar diante de grandes transformações naquele país, com algumas possibilidades não-necessariamente excludentes: 1) uma aproximação com o Ocidente e com a União Européia e mais liberdade e democracia; 2) um movimento de xeque russo, que pode ser surpreendente; 3) a fragmentação do país.

De toda maneira, parece que um ditador já foi. A milhares de quilômetros que Kiev, outra crise de governabilidade coloca milhares de pessoas contra um regime autoritário: apesar da proximidade com o Brasil, parece que chega menos notícia aqui da Venezuela que da Ucrânia… Será que é porque ali é o companheiro Maduro e o regime autoritário bolivariano (detesto esse termo, e acho que o grande Bolívar também odiaria) que estão na berlinda?

2014-02-16T194828Z-1110150863-GM1EA2H0ABH01-RTRMADP-3-VENEZUELA-PROTESTS-size-598Logo escreverei aqui sobre a Venezuela. A situação ali é muito preocupante também. E gente tem sido presa, tem desaparecido, tem sido ferida e morta. O governo brasileiro mantém seu apoio a Maduro. O Mercosul (quê?) também, apesar da cláusula democrática (ah, sim! haveria uma coisa assim no bloco). Nem vou falar da Unasul…

16fev2014---manifestante-participa-de-protesto-em-altamira-regiao-metropolitana-de-caracas-venezuela-exigindo-a-libertacao-dos-estudantes-presos-em-manifestacoes-anteriores-neste-domingo-16-1392613640A cobertura sobre os efeitos da crise venezuelana por aqui é ínfima. Parece que os brasileiros estamos completamente apáticos diante do que ocorre no país vizinho. Não estamos, ao menos alguns. Esta semana, por exemplo, um grupo de jovens e bravos estudantes fez um protesto diante da Embaixada da Venezuela contra as violações aos direitos humanos e o autoritarismo do regime de Caracas. Perguntei sobre a cobertura da mídia à manifestação. Resposta: inexistente. Meus parabéns ao grupo pela coragem e pelo exercício de um direito fundamental na democracia!

Ucrania4Bom, como estamos na América Latina, há sempre o risco do novo Caracazo acabar antes de qualquer resultado que não seja a contabilização das vítimas que terão caído em vão. Ao menos na Ucrânia, isso parece não ter acontecido. Agora em Kiev é hora de chorar os mortos e sonhar com um futuro de liberdade econômica, política e social. E é tempo de se planejar um país em que o discurso autoritário, as ideologias anacrônicas, a corrupção e a falta de compromisso com a coisa pública não devem prosperar. A lição está dada, em que pese o sangue que foi lamentavelmente derramado pela liberdade. Temos muito que apreender com os ucranianos.

rtx199bb.si

Lugo é passado

Já estou sem paciência com esse bando de brasileiro postando mensagem de “golpe no Paraguai” e fazendo manifestações em apoio a Lugo. Sinceramente, o homem até demorou a cair…

Não há que se falar em golpe: Lugo foi impedido de continuar no poder pela via constitucional e sem intervenção das Forças Armadas (que até se comportaram muito bem, obrigado). Vejam bem: na Câmara, ele teve apenas um voto a seu favor e no Senado a maioria esmagadora dos senadores foram pelo impeachment (ou seja, o cidadão não tinha o menor apoio no Parlamento!)…  Quem assumiu foi o Vice legitimamente eleito (como manda a Constituição)… Certo, o processo se deu à velocidade da luz… Mas se os paraguaios quiseram assim…

Ademais, no dia seguinte, a calma já havia voltado ao país. O próprio Lugo aceitou sua deposição – ponto para ele, que evitou uma grande crise interna que poderia acabar em sangue. Nesse sentido, gostei muito do discurso de despedida, que revela que os valores cristãos ainda prevalecem no homem político – sim, uma vez sacerdote, sempre sacerdote…

Quem mais gritou contra a saída de Lugo estava fora do Paraguai e não era paraguaio. Muita gente está falando de golpe sem qualquer noção do que diz…

Também não vejo com bons olhos essas iniciativas no âmbito do Mercosul (sim, ainda existe o Mercosul) e da Unasul (Una-o-quê?) condenando o novo governo em Assunção. Parece-me pretexto para intervenção em assuntos internos do Paraguai.

Bom, acompanhamos os desdobramentos… Já estou esperando o monte de críticas e blá-blá-blá sobre esses meus comentários. Desculpem, mas é assim que vejo a situação e quem não gostou que vá reclamar em outra freguesia… Foi só um desabafo.

Paraguai deve ser suspenso do Mercosul e da Unasul, diz fonte

Reuters Brasil – domingo, 24 de junho de 2012 17:20 BRT

SÃO PAULO, 24 Jun (Reuters) – O Paraguai deve ser suspenso do Mercosul e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) após o impeachment do então presidente do país, Fernando Lugo, disse uma fonte de alto escalão do governo brasileiro à Reuters neste domingo. Continuar lendo