Os riscos de uma intervenção na Síria

Enquanto determinados grupos clamam por uma intervenção dos EUA e seus aliados contra o regime de Assad, o NY Times de ontem publicou matéria sobre os riscos desse tipo de ação. Repetirei pela enésima vez (mesmo porque alguns dos meus oito leitores podem ter deixado passar os comentários anteriores…) que a Síria não é a Líbia. O buraco ali é muito mais embaixo. Além disso, antes de qualquer coisa, como diria Garrincha, “tem que combinar com os russos”…

NY Times, March 11, 2012

Military Points to Risks of a Syrian Intervention

By 

WASHINGTON — Despite growing calls for the United States to help stop the bloodshed in Syria, senior Pentagon officials are stepping up their warnings that military intervention would be a daunting and protracted operation, requiring at least weeks of exclusively American airstrikes, with the potential for killing vast numbers of civilians and plunging the country closer to civil war. Continuar lendo