A vergonha da Índia…

Quero saber de que adianta ser o país com o maior número de doutores (PHD) e ainda se testemunhar, em uma de suas principais cidades, o absurdo que foi a violência contra a moça (só um caso entre tantos na Índia, infelizmente)… Será que o processo civilizador britânico que ali ocorreu não foi tão eficiente assim?

É nessas horas que reafirmo minha simpatia pelos valores ocidentais… Claro que os politicamente corretos e o pessoal de esquerda me criticarão, assinalarão os casos de violência e abusos cometidos pelo Ocidente contra outros povos e tal… Ok, só que isso HOJE, em 2013, não é mais aceitável por aqui. Evoluímos, simples assim…

Também estou consciente de que ainda há (e haverá por muito tempo) pessoas no Ocidente tão nefastas e abjetas como os cretinos que violentaram a moça… Só que, deste lado do mundo, esse tipo de conduta não se justifica sobre o argumento cultural ou de coisa semelhante. Aqui é conduta execrável e que tem que ser reprimida…

Espero que, dentro da mais nobre tradição oriental, os bandidos seja executados em praça pública, e seus corpos fique expostos aos cães (bem poético, assim mesmo!)!

E, só para provocar, é esse pessoal que tem 5.000 anos de cultura e tradição? Já deveriam ter aprendido algo sobre dignidade humana…

Em tempo: fiz questão de colocar a foto abaixo para deixar claro que estou ciente de que há uma parte importante da população da Índia que não aceita esse tipo de abuso e se envergonha pelo que houve, além de exigir que algo seja feito contra os agressores. Oxalá, sinceramente, que esses consigam falar mais alto que os defensores dos (pseudo)valores tradicionais…

real men dont rape

Indian rape accused charged; victim’s father calls for hanging

Photo
12:34pm EST

By Annie Banerji and Suchitra Mohanty

NEW DELHI (Reuters) – Five Indian men were formally charged in court on Thursday with the gang rape and murder of a physiotherapy student in a case that has generated widespread anger about the government’s inability to prevent violence against women.

The December 16 attack on the 23-year-old student and a male companion provoked furious protests close to the seat of government in New Delhi and has fuelled a nationwide debate about the prevalence of sexual crime in India, where a rape is reported on average every 20 minutes. Continuar lendo