Sim, chegamos lá!

Duas frases são marcantes para mim desde que me lembro de ter consciência do mundo: “A Águia pousou!” e “Um pequeno passo para um homem, mas um grande passo para a humanidade!”. Ambas foram ditas com alguns minutos de diferença e no mesmo contexto. Ambas foram bem pensadas para serem ditas. Ambas representam a maior empreitada conduzida pela raça humana em sua singela existência… Simbolizam também uma grande conquista, o trabalho direto de 400 mil pessoas, como disse Mike Collins (um dos três astronautas da Apollo 11), de engenheiros àqueles homens e mulheres que costuraram os trajes espaciais. Essas duas frases foram ditas por ocasião da chegada da Apollo 11 à Lua.

Aconteceu há exatos cinqüenta anos, em um dia 20 de julho de 1969… Entretanto, ainda hoje, eu, que nem era nascido então, emociono-me ao ouvir a narração de Collins sobre o evento e ao ver as imagens. Com a Águia, bilhões de seres humanos pousaram naquele corpo celeste que sempre foi objeto de curiosidade, de adoração, de iluminação, aquele astro que preenchia a imaginação do homem primitivo, era a referência a sacerdotes e fiéis de distintas religiões, inspiração para poetas e para os amantes. E isso, repito, desde sempre, unindo pessoas em distintos pontos da Terra e de diferentes tempos, mas que toda noite a viam, lá no céu, majestosa e imponente. A Águia pousou! Todos alunissamos com Neil e Buzz.

Sim, o pequeno passo de Neil Armstrong foi um grande passo para toda a humanidade. Pisamos em solo lunar! Alcançamos o objetivo tão almejado desde o início dos tempos, dos nossos tempos. E caminhamos com Neil e com Buzz Aldrin, e os vimos saltar naquela terra (?) de gravidade diferente e, como faria qualquer ser humano, brincar naquele novo mundo! E nunca mais seríamos os mesmos depois daquilo.

Não tratarei aqui das grandes conquistas e dos avanços tecnológicos oriundos do programa espacial que levou aqueles três astronautas da Apollo 11 à Lua. Tampouco farei refência aos inúmeros objetos que temos conosco e que são resultado daquela empreitada. Nada direi sobre o esforço hercúleo de milhares de pessoas para colocar aqueles desbravadores no espaço, nem que os computadores que usavam à epóca tinham capacidade menor que a dos nossos smartphones do dia-a-dia…

O que desejo registrar aqui é apenas minha reverência àqueles que fizeram acontecer, que lá chegaram, e que deixaram um legado maravilhoso de Ciência e humanismo para as gerações que os sucederam! Obrigado, Neil, Buzz, Mike! Obrigado, a todos os envolvidos no Programa Apollo! Obrigado aos que os antecederam! Obrigado por nos fazerem ver a Lua, e a Terra, sob outra perspectiva! Obrigado por fazer este garoto, homem feito, ter seus olhos lacrimejados quando vê as imagens, ouve as histórias e vive, cinquenta anos depois, aqueles momentos! E parabéns, neste 20 de julho, por terem chegado lá, e por nos terem levado com vocês!

Nota: para a narração de Mike Collins sobre aquele episódio, vide: https://youtu.be/uzbquKCqEQY.

 

 

Há tanta vida lá fora…

Há alguns dias, foi anunciado que o pessoal da NASA teria descoberto um planeta em uma galáxia próxima com condições propícias à vida. Agora foi essa notícia de que Ganimedes (uma das luas de Júpiter) também poderia abrigar vida… Sei não, mas alguma coisa me diz que mais cedo do que imaginamos vão informar que descobriram vida fora do planeta… Não parecem estar preparando o terreno?!?

GANIMEDES

Cientistas acreditam que no satélite de Júpiter há vida

Os pesquisadores do laboratório da NASA apresentaram uma suposição fundamentada que o maior satélite de Júpiter e de todo o sistema solar – Ganímedes – pode ter condições para a vida.

Continuar lendo

NASA encontra primeiro planeta habitável

 Dando prosseguimento a comentários do post do dia 04/01/2012, olha que notícia boa! Primeiro planeta habitável encontrado! E fica só a 600 anos-luz! Ou seja, se conseguirmos descobrir uma maneira de viajar à velocidade da luz nos próximos anos, podemos mandar todos os chatos para lá!

Quem sabe, se até o Fidel não se anima e encabeça o grupo levando os ideais revolucionários para lá!?! Como são apenas 600 anos-luz, Fidel consegue chegar ao Kepler 22b e governar por um bom tempo. Também acho que podiam ir junto o Niemayer (para construir o novo mundo, oras!) e a Ana Maria Braga (já pensou, apresentando o “Mais Você” junto com o Louro José – o único amigo dela, coitada! – direto de Kepler 22b?!? Fica a sugestão.

Telescópio da Nasa encontra 1º planeta habitável

Agência Estado
Por AE | Agência Estado – seg, 5 de dez de 2011

Astrônomos viram o planeta cruzar a frente de sua estrela três vezes (Foto: Nasa)

A agência espacial dos Estados Unidos (Nasa) informou nesta segunda-feira que seu telescópio espacial Kepler confirmou a existência do primeiro planeta habitável numa região fora do sistema solar.  Continuar lendo

Essa passará perto…

Confesso que tenho medo dessas coisas… Ainda acho que um dia acabaremos riscados da face da terra por um corpo vindo do céu. Não há como se contrapor à fatal probabilidade… Daí a importância de se viver cada dia bem e como se fosse o último! Às vezes acho que não estou aproveitando bem meu tempo enquanto a vida passa… Carpe diem!

Um enorme asteroide passará perto da Terra na terça-feira

Por Nasa | AFP – 03NOV2011
http://br.noticias.yahoo.com/enorme-asteroide-passar%C3%A1-perto-terra-ter%C3%A7a-feira-210415407.html

Um enorme asteroide passará perto da Terra na próxima terça-feira, em uma aproximação rara que não representa risco de impacto para o planeta, afirmaram esta semana cientistas dos Estados Unidos, que esperam ansiosos a oportunidade de observá-lo. Continuar lendo