Tags

, , ,

 Dando prosseguimento a comentários do post do dia 04/01/2012, olha que notícia boa! Primeiro planeta habitável encontrado! E fica só a 600 anos-luz! Ou seja, se conseguirmos descobrir uma maneira de viajar à velocidade da luz nos próximos anos, podemos mandar todos os chatos para lá!

Quem sabe, se até o Fidel não se anima e encabeça o grupo levando os ideais revolucionários para lá!?! Como são apenas 600 anos-luz, Fidel consegue chegar ao Kepler 22b e governar por um bom tempo. Também acho que podiam ir junto o Niemayer (para construir o novo mundo, oras!) e a Ana Maria Braga (já pensou, apresentando o “Mais Você” junto com o Louro José – o único amigo dela, coitada! – direto de Kepler 22b?!? Fica a sugestão.

Telescópio da Nasa encontra 1º planeta habitável

Agência Estado
Por AE | Agência Estado – seg, 5 de dez de 2011

Astrônomos viram o planeta cruzar a frente de sua estrela três vezes (Foto: Nasa)

A agência espacial dos Estados Unidos (Nasa) informou nesta segunda-feira que seu telescópio espacial Kepler confirmou a existência do primeiro planeta habitável numa região fora do sistema solar. 

Leia também:
Cientistas descobrem planeta tão quente que pode derreter ferro na superfície

No início deste ano, cientistas franceses confirmaram a existência do primeiro planeta fora do sistema solar a atender às exigências para a manutenção da vida, conhecido como Gliese 581d, mas o Kepler 22b, visto pela primeira vez em 2009, foi o primeiro cujas características puderam ser confirmadas pela agência espacial norte-americana.A confirmação significa que os astrônomos viram o planeta cruzar a frente de sua estrela três vezes.

“A fortuna sorriu para nós com a detecção do primeiro planeta”, disse William Borucki, principal pesquisador do Kepler no Centro de Pesquisas Ames, da Nasa.

“O primeiro trânsito foi capturado apenas três dias depois de termos declarado o telescópio pronto operacionalmente. Nós testemunhamos a definição do terceiro trânsito durante o período de férias de 2010.”

O Kepler-22b está há 600 anos-luz de distância e é maior do que a Terra. O planeta tem uma órbita de 290 dias ao redor de sua estrela.

 A Nasa também anunciou que o Kepler descobriu mais de 1.000 planetas com potencial de abrigar vida, duas vezes o número previamente localizado, segundo uma pesquisa que está sendo apresentada numa conferência realizada na Califórnia nesta semana.

 O Kepler é a primeira sonda espacial da Nasa que procurar planetas semelhantes à Terra que orbitem sóis similares aos nossos. As informações são da Dow Jones.

Anúncios