Lançamento do Orvil em Brasília: 25/10, às 19h, na Associação dos Ex-Combatentes, em Brasília.

Divulgo, pois é uma obra que deve ser conhecida de todos os brasileiros, sobretudo dos que querem compreender melhor um período ainda muito obscuro de nossa história e cujas referências são sempre marcadas pela influência ideológica esquerdista…

A meus amigos de esquerda (sim, tenho muitos amigos de esquerda), antes de arrancarem os cabelos e me atacarem, recomendo que leiam o Orvil, ao menos para conhecerem a outra versão de fatos sobre os quais se comenta até hoje de maneira muitas vezes bastante parcial…

Aos Prezados Senhores (as) Membros e Simpatizantes do Ternuma.

 Em colaboração com os organizadores, convidamos para o lançamento do Livro ORVIL, no próximo dia 25 de outubro de 2012, às 1900 horas, na sede da Associação dos ex – Combatentes do Brasil.

O livro foi escrito por pesquisadores militares, até então difundido apenas pela Internet, agora definitivamente publicado, levanta com riqueza de detalhes as quatro tentativas de tomada do poder pelos comunistas, para implantar no Brasil um governo totalitário. Continuar lendo

Guerrilha do Paraguai

Ejército del Pueblo Paraguayo (EPP): organização marxista tremendamente anacrônica, criada em 2008, sem muita razão de ser (salvo se for para atuar como organização criminosa)… Entretanto, tem atuado de forma intensa no Paraguai e possui conexão com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), o que preocupa. Até bomba em Assunção já colocaram.

E tudo isso em um país vizinho e estrategicamente importante para o Brasil… Vale a pena ficar de olho…

Imprimir

Paraguay aprueba estado de sitio contra guerrilla

PEDRO SERVIN
 
 Militares hacen guardia hoy, jueves 22 de septiembre de 2011, en la zona rural de Capitán Giménez, en Concepción (Paraguay). Dos agentes murieron durante un ataque perpetrado por el autodenominado Ejército del Pueblo Paraguayo (EPP) contra un puesto policial cerca de la medianoche del miércoles contra la subcomisaría del poblado de Capitán Giménez, a 400 kilómetros al norte de Asunción, confirmó el ministro paraguayo del Interior, Carlos Filizzola.  Andrés Cristaldo / EFE

Militares hacen guardia hoy, jueves 22 de septiembre de 2011, en la zona rural de Capitán Giménez, en Concepción (Paraguay). Dos agentes murieron durante un ataque perpetrado por el autodenominado Ejército del Pueblo Paraguayo (EPP) contra un puesto policial cerca de la medianoche del miércoles contra la subcomisaría del poblado de Capitán Giménez, a 400 kilómetros al norte de Asunción, confirmó el ministro paraguayo del Interior, Carlos Filizzola. Andrés Cristaldo / EFE

La cámara de senadores de Paraguay aprobó el lunes el establecimiento del estado de sitio en los norteños departamentos de Concepción y San Pedro por 60 días para combatir al grupo guerrillero Ejército del Pueblo Paraguayo (EPP).

El proyecto de ley pasó a la cámara de diputados, que sesionará el martes, para su estudio, modificación, aprobación o rechazo. Continuar lendo