Libertas quae sera tamen

Enquanto seguem os embates na Síria e na Líbia, a crise econômico-financeira nos países ricos e os problemas institucionais aqui em Pindorama, um grupo de pequenos serem que saltitam (sim, saltitam, isso já deu até risco de guerra com a França!) para a liberdade!

Libertas do fim trágico da panela (para elas, claro!), 534 lagostas foram lançadas de voltas às águas profundas do Oceano Atlântico (como é que conseguiram o endereço dos crustáceos para devolvê-los, estou me perguntando até agora!)!!!

As lagostas preferiram não falar com a imprensa, temendo retaliações e exposição desnecessária.

Exemplo de amor aos animais, investimento inútil e falta do que fazer… Se a moda pega…

Por que postei a notícia? Por que não?

Lobsters liberated by Buddhist intervention

Reuters, 5AUG2011  By Lauren Keiper

GLOUCESTER, Mass (Reuters) – Instead of plunging headfirst to their death in a pot of boiling water, 534 live lobsters escaped the dinner plate and belly flopped to freedom into the dark waters of the Atlantic Ocean.

A group of Tibetan Buddhists flanked the sides of a whale-watching boat at dusk on Wednesday, sprayed the lobsters with blessed water, clipped the bands binding their dangerous claws and released them one by one into the deep water below. Continuar lendo