O Iraque após a saída dos EUA

Muito bem, as últimas tropas estadunidenses saíram do Iraque. E agora? Os sinais são fortes de que a situação do país mesopotâmio deve piorar, com xiitas atacando sunitas e outras disputas domésticas… 

De fato, mal o último GI retirou o pé de solo iraquiano, as perseguições políticas começaram, conforme o artigo que segue. E, no plano internacional, uma vez que não existe vazio de poder, quem assumirá o lugar dos EUA influenciando o Iraque? Façam suas apostas! Uma dica: os xiitas estão fortes… Qual a nação xiita mais próxima, hein?

Resta saber, ainda, se a saída das tropas regulares significaria o fim da presença estadunidense no país… Óbvio que não! Agora é que começa a festa! Business, baby! Yeah!

Sei não, mas acho que quem vai acabar (ou continuar) perdendo com isso tudo é a população iraquiana e a paz na região…

 

Analysis: Iraq resumes political strife in vacuum left by U.S.

BAGHDAD | Sun Dec 18, 2011

By Rania El Gamal, REUTERS

BAGHDAD (Reuters) – The dust had barely settled from the last column of departing U.S. armoured vehicles when Iraq’s rival Sunni and Shi’ite factions resumed the kind of political infighting that threatens a lurch back into turmoil.

Within hours of the last U.S. troops rolling out of Iraq on Sunday, Shi’ite Prime Minister Nuri al-Maliki had asked parliament to sack his Sunni deputy, and security sources said an arrest warrant was issued for the Sunni vice president. Continuar lendo