Tags

, , , , , , ,

1 de janeiro é uma data importante para a próspera e democrática ilha do Caribe comandada pelos Castro e a gerontocracia do PCC (não, não estou falando do Primeiro Comando da Capital, mas sim do Partido Comunista Cubano)! Afinal, foi em 1 de janeiro de 1899 que Cuba se tornou independente da Espanha (graças a quem mesmo?)! A ilha ficaria ocupada pelos Estados Unidos até 20 de maio de 1902, quando seria novamente proclamada sua independência (se fosse no Brasil, as duas datas seriam comemoradas com carnaval, cerveja e muito samba, axé, pagode, funk…).

Foi também em um 1 de janeir0 (dessa vez, em 1959), que os guerrilheiros que haviam combatido em Sierra Maestra conseguiram vencer o ditador Fulgêncio Batista, que fugiu do país após comemorar o último Ano Novo no poder: saía vitorioso o movimento que ficou conhecido como Revolução Cubana (e que, sinceramente, acredito ser o evento mais importante da História da América Latina no século XX, mesmo).

A partir daquel Reveillon de 1959, a ilha caribenha passaria a ser governado pelos guerrilheiros que logo se tornariam comunistas (apesar de Fidel não gostar muito da idéia, a princípio) e fariam de Cuba o baluarte da resistência ao imperialismo na América Latina e essa nação próspera, rica e desenvolvida que é hoje!

 

Hoje, os cubanos podem gozar da liberdade única que só uma democracia comunista pode oferecer. E tenho certeza que não têm a menor vontade de viver como seus parentes que conseguiram migrar para Miami (pobre comunidade cubana nos EUA)! E o melhor deve ser a certeza de que o regime perdurará, pois os ideais revolucionários permanecem vivos e eternos, como seus líderes (Fidel é highlander, sempre digo isso…).

Parabéns aos cubanos! Viva Cuba! Viva la Revolución!

Segue a matéria da Agencia Cubana de Noticias sobre o aniversário da Revolução e so sites do governo de Cuba e da própria agência, ambos “.cu”.  Vamos acessá-los e nos informar (o que a maioria absoluta da população cubana não pode fazer)!

http://www.cubagob.cu/ (gostei da parte do  Sea bienvenido y no deje de enviarnos sus opiniones.)

http://www.ain.cu/ (só matérias imparciais!)

Disparan 21 salvas por Aniversario 53 de la Revolución

Idania Rodríguez Echevarría

La Habana, 1 ene (AIN) Justo a las 12 de la noche del 31 de diciembre se escuchó la voz de mando y el disparo de 21 salvas de artillería por el aniversario 53 del triunfo de la Revolución cubana, en honor a los mártires de la Patria, al pueblo y a la victoria.

En la Fortaleza de San Carlos de la Cabaña, el Jefe de la Batería de Artillería, Primer Teniente Cleudis Calzado dio la orden de mando y al unísono con las notas del Himno Nacional cubano se inició el homenaje de las Fuerzas Armadas Revolucionarias (FAR) por el primero de enero.

La batería, integrada por 73 oficiales, cadetes, sargentos y soldados, de ellos 10 mujeres, hizo una lucida ceremonia al lanzar las salvas desde seis piezas de artillería Obús de 122 milímetros, M-30.

Sus miembros, pertenecientes a la Escuela Interarmas de las FAR General Antonio Maceo, Orden Antonio Maceo, mostraron su destreza en el uso del armamento, en acto transmitido por la televisión cubana y observado por un numeroso público que se congregó en ese histórico sitio.

Por acuerdo del Consejo de Estado de la República de Cuba el disparo de 21 salvas solo se realiza en ocasiones y efemérides excepcionales como el 28 de enero, natalicio del Héroe Nacional José Martí.

También, el 24 de febrero, para rememorar el Grito de Baire, en 1895, que da inicio a la guerra de independencia y por la visita de Jefes de Estado y de Gobierno a la Isla.

http://www.ain.cu/2012/enero/01eg-salvas.htm

Anúncios