Tags

, , , , , , ,

Claro que os acadêmicos repudiarão meu comentário (estou muito preocupado com isso), mas que essa do avião de Hollande ser atingido por um raio quando estava indo conversar com Frau Merkel pode ser indubitavelmente interpretado como um  sinal dos deuses, ah isso pode! E no primeiro dia de mandato do novo Presidente francês!

As relações franco-germânicas não vão nada bem… Bom lembrar que Frau Merkel apoiou abertamente a candidatura do Sarkô (e se você não se lembra, certamente Hollande se lembra)… E que Monsieur Hollande tem posições bem divergentes sobre como enfrentar a crise européia… Nesse sentido, relações ruins entre França e Alemanha são péssimas para o bloco como um todo… Claro que essas diferenças podem ser superadas em prol do bem maior da integração européia e da resolução da crise… E é provável que alemães e franceses consigam fazê-lo (isso se os gregos deixarem… e os espanhóis… e os italianos…)!

De toda maneira, no caso do raio, se não forem as “forças profundas” interferindo na União Européia, tem-se ao menos um péssimo augúrio para o senhor Hollande…

Avião que levava Hollande a Berlim é atingido por raio e volta a Paris

Revista Época, 15/05/2012

O avião no qual o presidente francês, François Hollande, viajava nesta terça-feira (15) rumo a Berlim para se reunir com a chanceler alemã, Angela Merkel, teve que retornar a Paris após ser atingido por um raio em pleno voo, segundo a rede de televisão francesa BFMTV.

O avião, um Falcon da Presidência francesa, aterrissou no aeroporto em que havia decolado minutos antes. O incidente não teve consequências graves, mas atrasará em cerca de uma hora e meia o encontro entre Hollande e Merkel, o primeiro compromisso internacional do presidente francês após assumir o cargo.

A BFMTV informou ainda que o avião foi atingido por um raio quatro minutos depois da decolagem do aeroporto de Villacoublay, nos arredores de Paris. Dessa forma o comandante decidiu retornar para proceder com as verificações técnicas.

Segundo a rede americana CNN, após o imprevisto, Hollande embarcou em outra aeronave com destino à Alemanha. Os dois devem discutir propostas contra a crise econômica que atinge a Europa.

Posse

O socialista François Hollande assumiu a presidência da França com a promessa de reconciliar o país e defender na Europa um novo pacto orçamentário que inclua medidas para estimular a economia.

A cerimônia de posse começou às 10 horas locais (5 horas de Brasília). O presidente do Conselho Constitucional, Jean-Louis Debré, transferiu os poderes a Hollande 45 minutos após o início do evento. “A partir deste momento o senhor encarna a França, simboliza a República e seus valores e representa o conjunto de franceses”, disse Debré. Ao contrário do que fez Nicolas Sarkozy, em 2007, Hollande compareceu à cerimônia sem os filhos.

As primeiras palavras do novo presidente foram dirigidas à necessidade de reconciliar a nação e à constatação que a situação herdada não é fácil, com “uma dívida em massa, um crescimento débil, um desemprego elevado, uma competitividade degradada e uma Europa com dificuldades para sair da crise”.

Uma situação confirmada nesta terça pelos dados do Instituto Nacional de Estatística (INSEE), segundo os quais a economia estagnou no primeiro trimestre, depois que em 2011 o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,7%.

Além de endireitar as contas públicas, Hollande disse estar consciente também de que a Europa “espera e olha” para a França e repetiu o que afirmou na campanha: para superar a crise, o continente precisa de “crescimento e solidariedade”.

Após a viagem a Berlim, na quarta-feira (16), deverá ser anunciada a formação do Executivo, com os nomes dos ministros de Hollande. Na sexta-feira, o socialista realiza a primeira viagem oficial para fora da Europa. Ele irá aos Estados Unidos, onde se reunirá com Barack Obama e participará, em seguida, das cúpulas do G8 e da Otan.

http://revistaepoca.globo.com/Mundo/noticia/2012/05/aviao-no-qual-hollande-viajava-berlim-e-atingido-por-raio-e-volta-paris.html

Anúncios