Tags

,

Claro que eu tenho que registrar que na data de hoje se comemora a primeira execução do Hino Nacional Brasileiro! Qual a importância disso? Bom, primeiro que, na minha opinião, é uma peça belíssima (comparável aos hinos alemão, francês, da União Européia e, claro, nosso espetacular Hino da Independência)! E depois porque é um dos legados do glorioso Império do Brasil! Isso mesmo! Apesar da letra ter passado por algumas versões, sendo a última a de Joaquim Osório Duque Estrada, escrita em 1909 e adotada oficialmente em 1922 (centenário da independência, diga-se de passagem), a música (composição) de Francisco Manuel da Silva é de 1822!

Diz a lenda que, quando os golpistas da república fizeram o concurso para escolher o novo hino que desbancaria o imperial e levaram o resultado para Deodoro da Fonseca, o generalíssimo-presidente deu seu veredicto: “prefiro o antigo…”! E aí tiveram que fazer da peça vitoriosa o tal do “hino da proclamação da república”…

D’us abençoe o Império do Brasil! Pela restauração!

Anúncios