Tags

, , , ,

Todos os jornais e agências de notícia anunciam a vitória rebelde na Batalha de Trípoli e conseqüente queda de Kadafi. Se assim for, após seis meses (do que se esperava acontecer em poucas semanas) de duros combates, milhares de mortos e prejuízos diversos, o Muamar parece que foi derrotado… O problema é quem vai assumir seu lugar…

Será que a Líbia acabará entregue às tribos que sempre disputaram poder na região? Teremos uma nova Somália, com senhores da guerra reclamando os despojos de Muamar? Ou nosso Cauby tripolitano iniciará uma resistência com guerra de guerrilha (tem um pessoal aqui no Brasil com histórico nisso e amizade com o Muamar – só que no Brasil, os guerrilheiros acabaram neutralizados pelos nossos militares…)?

Bem, agora é que a crise ganha mais força na Líbia (ou o que sobrou dela)… Ou seja, ainda muita água correrá nesse rio…

Em tempo 1: se Muamar resolver deixar a Líbia, pode correr para o Brasil, onde tem muitos amigos influentes, e pode continuar usando suas fantasias m-a-g-a-v-i-l-h-o-s-a-s que ninguém vai estranhar. No Carnaval, então, monta até um bloco e vende abadás com seu estilo único… Além disso, o Brasil tem acolhido toda sorte de criminosos perseguidos internacionalmente (olha o Battisti aí, gente!)

Em tempo 2: Kadafi sai e deixa um grande vazio no estilo ditador brego-cafona africano, cujo cross-dressing de Trípoli era o pavão-mor. Lady Gaga perde seu maior concorrente e volta a imperar ditando moda…

Anúncios