Screenshot_20181224-075114_Instagram (1).jpgNeste Natal, junto com os votos de Paz, Alegria e Prosperidade, gostaria de compartilhar uma história e uma foto.

Aqueles que me conhecem sabem o quanto gosto de Berlim, onde já estive algumas vezes. Da capital alemã conheço bem a parte oriental, e praticamente nada da antiga Berlim Ocidental, para onde fui pouco.

Um dos raros locais do setor ocidental que conheço é a Igreja do Kaiser Guilherme. Lá se encontra um quadro fascinante: a Madonna de Stalingrado.

Resumidamente, a história desse quadro é a seguinte: no Natal de 1942, na frente de batalha de Stalingrado, o médico Kurt Reuber, usando um pedaço de carvão, desenhou no verso de um mapa soviético uma imagem marcante e envolvente de Nossa Senhora com Jesus bebê no colo. Além de médico, Reuber era também teólogo. A notícia do quadro logo se espalhou entre os soldados alemães e viria a ser um símbolo de conforto para todos aqueles que passavam o inverno a milhares de quilômetros de casa, longe da família, e vivendo os horrores de uma guerra sem sentido para a grande maioria. O quadro deixou o bolsão meses depois, em um dos últimos aviões que escapavam do cerco soviético de Stalingrado. Seu autor, ao contrário, não teria a mesma sorte. Kurt Reuben faleceria em 1944, como um dos 1 milhão de alemães prisioneiros de guerra dos soviéticos feitos naquela que seria a batalha mais importante da II Guerra Mundial.

Um soldado, um pedaço de carvão e um mapa velho, e a inspiração divina: e ali estavam as condições para uma obra de arte marcante, símbolo ao mesmo tempo do horror de um conflito, da solidão do combatente distante de casa, e da esperança de um Feliz Natal e de um ano seguinte de Paz.

Para os rosacruzes, chamaram-me atenção os dizeres no quadro: de um lado “Natal de 1942 no Kessel”, e do outro, as palavras “Luz, Vida, Amor” (nessa ordem).

Sempre que vou a Berlim, visito a Igreja do Kaiser Guilherme e a Madonna de Stalingrado. E minhas orações se elevam pelos milhões que sucumbiram nas grandes guerras do século XX e nos conflitos de hoje.

Feliz Natal e um 2019 de saúde, alegria, prosperidade, amor e, sobretudo, PAZ PROFUNDA!

Anúncios