O fim do Horário de Verão: amém!

Na última semana, nosso Presidente Jair Bolsonaro anunciou (viva!) o fim do horário de verão. Afinal, a economia de energia é ínfima perto dos transtornos causados pela mudança no relógio.

Comentei da minha satisfação em algumas redes sociais e muita gente assinalou que gosta desse horário do Capiroto… Meus amigos argumentam que “essa hora a mais de luz” é algo bom para aproveitar o dia, que dá para ir para a academia no final da tarde ainda com sol, que até se aproveita uma praia depois do expediente. Tudo bem! Há quem goste… e que bom que isso acontece!

Eu, particularmente, detesto e sempre detestei horário de verão. Mas isso, repito, é uma questão de foro íntimo, como se gostar desse ou daquele time de futebol ou dessa ou daquela escola de samba. Porém, contudo, todavia e entretanto, minha alegria em ver essa coisa ruim acabando repousa em uma preocupação coletiva…

Quem gosta do famigerado horário de verão porque pode aproveitar a praia depois do expediente já pensou nos milhões de trabalhadores que têm que acordar cedo para pegar o ônibus ou o trem das quatro ou cinco da madrugada? Imaginemos o cidadão que tem que estar na estação ou na parada às 5h da manhã (sim, milhões de brasileiros passam por isso todos os dias), e que, portanto, desperta, muitas vezes, 4h da matina (no horário de D’us)? Esses homens e mulheres batalhadores terão que acordar às 3h da manhã com um horário de verão. Isso tem impacto não só sobre o sono e o rendimento dessas pessoas, mas também sobre sua segurança (quantas pessoas no tenebroso horário do Tinhoso não têm que sair para trabalhar ainda no escuro, enfrentando nossas ruas pouco seguras?).

E pensemos também nas crianças e adolescentes (e em seus respectivos responsáveis) que devem estar na escola às 7h, 7h30 da manhã? No horário do Coisaruim, isso seria 6h ou 6h30… A que horas os pobres e seus genitores teriam que acordar?

Assim, repito, ainda que individualmente se ache maravilhoso o tal horário de verão, pensando-se no coletivo a medida veio em muito boa hora (hora regular, de D’us, não hora de verão)! E vida que segue!

Obrigado, novamente, às autoridades federais por essa sábia decisão. Certamente virão outras! (A tomada de três pinos que se cuide…)

Imagem relacionada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s